top of page

Países que exigem vistos



O visto funciona como uma autorização do país de destino para a entrada e circulação de estrangeiros na região. O documento é exigido, prioritariamente, para segurança e controle de imigração ilegal, além de determinar tempo de estadia, território liberado para movimentação e atividades que poderão ser exercidas dentro do país.

Dentre os vistos mais comuns, estabelecidos de acordo com o objetivo de viagem, podemos citar:

  • Visto de Negócios

  • Visto de Trabalho

  • Visto de Turista

  • Visto de Estudante

  • Visto de Investidor

  • Visto de Residência

  • Visto de Trânsito

Cada um desses tipos de visto possui especificidades e propósitos únicos, que são determinados pelo próprio país a ser visitado, além de contar com regras que devem ser seguidas durante o período de estadia, podendo resultar em deportação para os casos de descumprimento.

No total, é necessária a emissão de um visto para a entrada de brasileiros em mais de 100 países. Por isso, a MultiCidades separou uma lista com os destinos mais visitados que exigem o documento, para que você possa se preparar antes da sua viagem e evitar quaisquer imprevistos:

  • Estados Unidos

  • Canadá

  • Austrália

  • França

  • Portugal

  • Itália

  • Espanha

  • Inglaterra

  • Grécia

  • Japão

  • China

  • Camboja

  • Índia

  • Angola

  • Etiópia

  • Austrália

  • Índia

  • Coreia do Norte

  • Costa Rica

  • Cuba

Além disso, até 2022, os países que fazem parte do Acordo de Schengen, estabelecido para facilitar o fluxo entre as nações em questão, não exigiam visto aos brasileiros. Porém, a partir de 2023, buscando reforçar a segurança das fronteiras, a Europa passou a solicitar o ETIAS (Sistema Eletrônico para a Autorização de Viagem), uma autorização de viagem, para turismo e negócios, que possibilita a visitação de estrangeiros no Espaço Schengen. O documento possui validade de 03 anos ou até o vencimento do passaporte do viajante, e pode ser solicitado eletronicamente. A relação de países inclusos no tratado conta com: Áustria, Alemanha, Bélgica, Tchéquia, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letónia, Lituânia, Liechtenstein, Luxemburgo, Malta, Noruega, Países Baixos, Polónia, Portugal, Suécia e Suíça.

No geral, a emissão de vistos pode ser realizada de forma presencial ou eletrônica, e as documentações necessárias para o andamento do processo vão variar de acordo com as diretrizes de cada local e os objetivos da viagem, conforme citado anteriormente. Porém, é importante lembrar que as burocracias existentes para a entrada em território internacional vão muito além da expedição de um visto. Por isso, caso precise de suporte em temas como vistos e passaportes, controle de gastos de viagens, contratação de táxi aéreo, renovação de RNE, dentre diversos outros assuntos, nós, da MultiCidades, possuímos os profissionais mais capacitados do mercado de gestão de viagens corporativas, efetivamente prontos para te ajudar. Além disso, com mais de 28 anos de história, nos tornamos referência no setor, entregando sempre os melhores resultados e facilitando todos os trâmites para que os nossos clientes possam cuidar do que realmente importa durante suas viagens.


Atente-se às conexões do seu voo. Em alguns casos, mesmo que seu destino final não exija visto, a região de escala pode contar com a obrigatoriedade de um visto de trânsito, inclusive para permanências curtas e dentro do aeroporto.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page